Batata doce caramelada


Eu nunca gostei de batata doce…. até que fui apresentada a essa maravilha!
Minha tia Daysinha fez essa batata na Semana Santa, para acompanhar o bacalhau, e eu fiquei apaixonada.
Na última segunda-feira eu liguei pra ela e pedi a receita.

Fácil de fazer e deliciosa, porém engordativa em altíssimo grau….

Vamos lá..

Ingredientes:

– 1 batata doce média, descascada e picada em pedaços
– 1 litro de salmora (1 l de água + 1 colher, das de sopa, de sal)
– 400 ml de óleo
– 4 colheres, das de sopa, de açúcar cristal
– 200 ml de água

Modo de fazer:

Coloque a batata, já cortada, de molho na salmora por 1 hora. Escorra a água e seque as batatas.
Misture a água com o açúcar e reserve.
Leve uma panela alta ao fogo com o óleo e quando ele estiver morno acrescente as batatas. Espere o óleo ficar quente e jogue a mistura de água com açúcar na panela.

Não entre em pânico. Não vai voar óleo para todo lado! Fiz e confirmei!

Misture bem e deixe as batatas cozinharem nessa mistura de óleo e calda.
Vá mexendo, com cuidado, para as batatas não grudarem.
Quando a água evaporar e as batatas começarem a ficar carameladas, verifique se elas já estão cozidas. Para isso basta furar uma com um palito.
Se a batata estiver dura é só acrescentar um pouquinho mais de água, se estiver macia é só aguardar alguns minutos até que as batatas fiquem carameladas.

Depois é só retirar e servir….

Bacalhau e carne de porco são combinações perfeitas para essa batata doce.

Ela fica durinha por fora e um creme por dentro…..

Não posso deixar de agradecer a tia Daysinha por essa deliciosa receita.

5 comentário para “Batata doce caramelada

  1. Olá,

    Adorei essa receita de batata doce caramelada, fiz em minha casa, mas a quantidade de óleo me pareceu muito. poderia confirmar se é essa mesma a quantidade.

    Grata
    Iolanda

  2. Olá, Iolanda.

    A quantidade de óleo varia de acordo com a panela e da batata. A batata tem que ficar "imersa" no óleo. Se for uma panela pequena e funda eu acho que gasta menos.A minha era larga… e gastei mais.

    E aí, a batata ficou boa?

    Um beijos,

    Kris

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *