Trigada no dia das mães

Ontem foi Dia das Mães e resolvemos reunir os “órfãos” aqui em casa.

Ju fez um churrasquinho de aperitivo e eu fiz uma “quibada” para o almoço, que na verdade foi jantar… comemos as 19h.
Aprendi a gostar de trigada com uma amiga muito querida, a Berenice Bellesi. Foi ela, também, que me passou os truques da trigada.
Desta vez fiz quibe recheado com carne moída e snubar e tabule para acompanhar a trigada.


A vovys fez a famosa torta de bolacha para a sobremesa e a Kamilota, minha cunhadinha do coração, chegou cedo e me ajudou a montar as cestas de pães e fez um molho de alho maravilhoso para acompanhar as carnes do churrasco.

Agora a receitinha da trigada….

Ingredientes:

– 1 k de peito de frango em cubos, temperado com sal, pimenta síria, alho e azeite,
– 500 g de trigo grosso
– 250 g de manteiga em temperatura ambiente
– 1 cebola bem picada
– 3 dentes de alho bem picados
– pimenta síria a gosto
– sal a gosto ( ou tempero completo)
– água fervente Q.B.
– azeite a gosto

Modo de fazer:

Lave bem o trigo grosso e deixe de molho em água quente por 20 minutos.
Tempere o filé de frango com sal, pimenta síria e os dentes de alho amassados e deixe descansar por meia hora. Pode usar tempero completo, se preferir.
Aqueça bem uma panela grande e de fundo grosso e junte a metade da manteiga e o frango. Doure o frango e acrescente a cebola bem picada. Espere a cebola ficar dourada e quase derretida e junte o trigo bem escorrido e coloque água fervente suficiente para cobrir o trigo.
Cozinhe em fogo alto e com a panela tampada até a água secar. Cubra com a manteiga restante e uma boa quantidade de azeite. Deixe descansar, sem fogo, por 10 minutos e sirva.

Aqui eu mostro como foi bom o nosso dia, mesmo com a falta imensa que sentimos da Karla, que está em Poços de Caldas e da Mamys que está no céu….

2 comentário para “Trigada no dia das mães

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *