Matambre recheado


Estou colecionando os livrinhos da Cozinha Regional da Abril e , desde que vi uma receita de matambre recheado no livro do Rio Grande do Sul , fiquei com vontade de fazer.
Achei as receitas de todos os 4 livrinhos que comprei até agora muito fraquinhas. Tiro por base as receitas da culinária mineira… Todas fracas e faltando alguma coisa!

Dei uma pesquisada no Google e achei várias receitas de matambre recheado. Como não gosto de seguir à risca nenhuma receita resolvi fazer do meu jeito.

O problema começou quando fui comprar a carne.
Quem disse que os açougueiros de Uberlândia sabiam o que era matambre?
Compro carne no açougue do D’Ville ou no Vita Carnes e em nenhum dos dois eu encontrei o bendito matambre. Pesquisei e descobri que matambre é chamado de “capa de costela” aqui em Minas.
Voltei pra buscar a capa de costela e não tinha! Só por encomenda.
Esperei 2 dias até as capas chegarem!

O outro problema foi o esquecimento! Me esqueci de comprar barbante. Corri até o D’Ville e nada. Fui até uma casa de material de construção aqui pertinho e nada! Nem barbante culinário nem barbante normal.

Minha anja da guarda e ajudante, a Adriana, me deu a idéia de usar linha de pipa dos filhotes. Juntamos 4 linhas e virou um barbante resistente.

O outro problema, que foi o pior, foi a “jeitosinha” e paciente aqui conseguir enrolar o danado do matambre!
Saia carne pra um lado, ovo cozido pra outro…. E minha anja me salvou novamente. Eu segurava e ela amarrava!

Depois disso foi tranquilo!

Meu primeiro matambre recheado não ficou muito bonito. Acho que com prática ele vai ficar melhor. Mas o sabor ficou ótemo!

Amanhã vou para a fazenda de um amigo e levarei um dos matambres para a gente aperitivar. As outras receitas que vou fazer lá eu posto na terça.

Um beijo grande e um ótimo feriado para todos.

Ingredientes:

2 k de matambre (capa de costela em Minas) sem o excesso de gordura
1/2 copo de vinho tinto seco
ramos de alecrim
folhas de louro
sal e pimenta a gosto
pimenta do reino a gosto

Tempere a carne e deixe na geladeira de um dia para o outro.
Passadas as 24 horas retire a carne da geladeira e pincela ovo batido.
Cubra a carne com cebola e cheiro verde bem picadinhos e recheie com:

– 1 paio em tiras
– 2 cenouras em tiras
– 2 ovos cozidos inteiros
– fatias de bacon
– carne de porco moída, temperada e com farinha de rosca

Enrole a carne, amarre e doure em uma panela de fundo grosso. No slide abaixo eu mostro todo o passo-a-passo.
Quando a carne estiver dourada por todos os lados leve para uma panela de pressão, cubra com caldo de carne e cozinhe por 40 minutos.

Espere a carne esfriar para fatiar.

O caldo que sobrou na panela eu desengordurei, reduzi e vou servir junto com a carne.

6 comentário para “Matambre recheado

  1. Ficou lindo!!! Quando eu era criança tinha um tio que sempre fazia churrasco com matambre…depois de adulta eu nunca mais vi essa carne, deve ser porque é conhecida mesmo como capa de costela. Vou ver se encontro por aqui!
    Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *