Tempero mineiro caseiro

Muita gente me pergunta como é o tempero mineiro caseiro que eu uso em várias receitas que posto aqui.

Desde que me entendo por gente me lembro de ver meus pais fazendo esse tempero para usar nas receitas…

Eram baciadas de tempero, vidros e mais vidros que eram dados de presente para os amigos mais chegados que sempre iam comer o frango caipira e a macarronada dos domingos em nossa casa.

Como estou na sessão nostalgia, pois ando com MUITA SAUDADE dos meus velhos, resolvi postar a receita de tempero caseiro que aprendi a fazer quando ainda chupava bico.

Mineiro quase não usa sal puro, já repararam? Eu uso sal puro em pouquíssimos pratos mineiros…
Comida mineira pede um tempero completo!

Meus pais usavam uma máquina de moer carne para processar os temperos. Eu herdei a máquina elétrica que eles tinham mas, ela pesa mais do que eu – e olha que eu não peso pouco!!!!

Prefiro usar um pilão para pequenas porções e o processador, ou mesmo o liquidificador, para porções maiores.
Você pode fazer pequenas porções, para usar durante a semana, como eu, ou fazer porções maiores e guardar na geladeira por até 1 mês.

Para cada tipo de prato eu uso um tipo de tempero. Vou mostrar pra vocês.

Arroz

Para o arroz eu uso somente alho e óleo.
É só processar a quantidade de alho (descascado) que você costuma usar durante a semana com óleo suficiente para cobrir a mistura.
Quando você for fazer o arroz basta usar a quantidade necessária do tempero, sem precisar de óleo ou alho e sem deixar cheiro de alho nas mãos.
Quando quero fazer brócolis ou couve ao alho e óleo também uso esta mistura.

Importante: Essa receita dura, no máximo, 1 semana e PRECISA de geladeira.

Feijão, sopas e receitas que não levam pimenta


Essa é a base para todos os outros temperos.

Para 1 k de sal eu processo:
1/2 maço de cheiro verde lavado e bem seco
1 cebola média, em 4 partes
15 dentes grandes de alho
1 xícara, das de café, de óleo

Basta processar os temperos com o óleo e misturar ao sal.

Eu divido esse tempero base em 3 porções.
Deixo uma como está, uso pimentas na segunda porção e açafrão da terra em outra.
Às vezes, deixo uma quarta porção e coloco ervas desidratadas (alecrim, tomilho, sálvia).

Para carnes, assados, guisados, Maria Isabel, feijoada, feijão tropeiro, etc


Uso uma porção do tempero base e misturo 5 pimentas bode ou cumari do Pará e pimenta do reino a gosto.




Frango caipira, ensopados ou qualquer receita que leve açafrão da terra (cúrcuma)

Basta misturar 1 porção do tempero base com 1 colher, das de sopa, bem cheia de açafrão da terra em pó, 1 colher, das de sobremesa, de pimenta do reino moída na hora e 3 pimentas bode.
As quantidades podem variar de acordo com o gosto pessoal.
Aqui usamos muita pimenta, se você não gostar basta diminuir a quantidade ou mesmo tirar.
Se você gosta de mais alho é só aumentar a quantidade de alho.
Esse tempero com sal dura, em média, 1 semana fora da geladeira, em local seco e fresco ou até 1 mês em geladeira, sempre em um pote muito bem fechado.
Ah! E ele não deixa cheiro na geladeira se estiver bem fechado.

42 comentário para “Tempero mineiro caseiro

  1. Adorei as dicas! Minha avó faz um tempero maravilhoso (um dia preciso contar essa história no Blog)ela usa casca de frutas desidratadas, e um monte de segredinhos que não conta nem sob tortura!

    Essa de processar o alho é uma boa, porque as pastas que vendem prontas eu não gosto…

    Bjs

    1. Pede pra sua avó contar os segredos por favor! Quero fazer para vender! Estou a um tempo desempregada e como não aparece nada estou pensando em tentar entrar no ramo! rs
      De frutas secas deve ser um show!!!
      Pede a ela para me ajudar! Ela será minha fada madrinha!
      Bjs pra ti e para avô!

  2. Estes temperos também dão saudade imensa da mãe.
    Ela fazia sempre e também na máquina de moer carne, só que era especifica para os temperos.
    Hoje também faço, mas no processador.(tempos modernos e preguiçosos)

  3. PRIMEIRAMENTE GOSTARIA DE PARABENIZA-LA PELO BLOG M A R A V I L H O S O!!! AMEI!! OBRIGADA PELAS RECEITAS E POR SER TÃO GENEROSA. ADORO QUANDO PUBLICA RECEITAS MINEIRAS Q AMO DE PAIXÃO…

  4. Olá Kris !

    Amei o seu blog . Tem muitas dicas ótimas . Vou segui-las com certeza . Minha mãe era mineira e cozinhava muito bem . Eu acho que herdei dela o gosto por cozinhar e acho que não cozinho mal.Voce faz festas aí em Uberlândia ? Eu faço festas aqui em São Paulo. Beijo.

    Marli

  5. oi kris adorei seu blog , sou mineira uai ,sô , e adoro nossa comida e nossa cultura , queria te perguntar , eu posso preparar no liquidificador ?? e como faço depois pra tirar o cheiro de alho?? tem algum segredo ?? beijaooo

  6. Oiê!!!
    Pode, sim, ser feito no liquidificador…mas aí você tem que deixar o copo do liquidificador só para receitas salgadas e temperadas. Aqui em casa eu tenho um aparelho só para temperos e outro só para doces e frutas, assim como as colheres de pau.
    Cheiro de alho é difícil de sair…

    Beijos

  7. oi.acabei de entrar en seu blog estava procurando uma receita para o almoço, pois trabalhocomo designer em unhas e nao tenho tido tempo de fazer coisas gostosa para familia , resolvi hjentao achei lindo deemaisvou fazer hj mesmo depois te conto u abraço especial

  8. Nossa…Não sei o que dizer pra te agradecer…Viu só? Gente com alergia alimentar, sem tempo pra cozinhar, com saudades dos tempos de casa… Quantas pessoas vc conseguiu atingir!!! Pessoas como vc merecem que desejemos sempre tudo de bom e melhor que a vida possa oferecer. Nem todos são capazes de compartilhar conhecimentos. PARABÉNS!!!

  9. Cris,adorei o seu blog, simplesmente maravilhoso lembrei da epoca que minha mãe reunia a familia aos domingos para aquele almoço maravilhoso.Ê saudade sô.Parabéns.

  10. adorei encontrar esse bloge e d+++ moro na espanha a muitos anos e sou de mg gv saudades da comidinha minera mas agora ja posso matar a saudade parabens ….maria rocha

  11. Oi, para tirar o cheiro do liquidificador eu faço o seguinte: bato 1 limão com casca e tudo e um pouco de agua que o cheiro do alho sai…

  12. Kris, minha mãe conhece a culinária mineira na palma da mão e elogiou muito seu blog, hoje fui fazer uma galinha caipira e corri aqui pra pegar a receita,tenho que te confessar que roubei os seus créditos pra mim….rs!
    Amei! Com certeza ganhou mais uma fã!

  13. Oi menina, vi seu blog no Face que a minha amiga Leninha Brandão curtiu. Eu tinha pedido a ela a receita dos temperos.
    Eu fazia muito, depois perdi a receita e só agora, anos depois, resolvi fazer de novo.
    Copiei, tá? Adorei!
    joturquezzamundial
    Obrigada.
    Beijos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *