Pamonha salgada sem palha, muito mais fácil

Se tem uma coisa que eu MORRO de preguiça de cozinhar é pamonha!
Afe!!! Ninguém merece passar o dia ralando milho, lavando e amarrando palha…. Acho muito mais fácil ir na pamonharia e comprar uma pamonha por R$3,00.

Mas fui na feira de domingo para comer pastel e resolvi comprar 2 porções (12 espigas) de milho já ralado.
Cheguei em casa e fiquei pensando no que fazer com o milho! Resolvi fazer a danada da pamonha mas não tinha trazido as palhas das espigas! Decidi fazer uma pamonha salgada cozida sem palha e ficou MARAVILHOSA!!!!

Se você gosta de pamonha e tem preguiça de amarrar a palha pode fazer essa receita que fica DIVINA!!!!

Para 12 espigas de milho bem maduras e raladas eu usei:
– 650 ml de leite ( se as espigas estiverem moles, coloque menos leite)
– 1 cebola média bem picada
– 4 dentes de alho amassados
– 3 colheres, das de sopa, bem cheias de manteiga
– 2 pimentas bode e duas cumari do Pará (coloque a seu gosto, eu prefiro a pamonha bem ardida)
– 600 g de linguiça fina ardida, frita em 1 fio de azeite
– cheiro verde a gosto
– 400g de queijo minas frescal em cubos
tempero caseiro ou sal a gosto

Rale as espigas de milho (ou compre ralada, como eu) e junte o leite.
Passe a mistura de bagaço de milho e leite por uma peneira fina, espremendo bem o bagaço para retirar todo o amido.
Pique a linguiça em pedaços pequenos e frite em um fio de azeite. Reserve.
Aqueça a manteiga e junte o alho e a cebola. Assim que a cebola murchar junte o milho peneirado e 1 xícara do bagaço do milho. Mexa com um fouet (batedor de arame) até o creme encorpar, abaixe o fogo e continue cozinhando até o creme despregar da panela, mexendo sempre para não empelotar.
Junte a linguiça, o tempero e as pimentas e mexa por mais 5 minutos. Desligue o fogo, acrescente o cheiro verde e o queijo em cubos, mexa e coloque em um refratário fundo, untado com manteiga.
Espere meia hora, corte em cubos e sirva.

Dica: Se você quiser ter orgasmos gastronômicos aqueça uma frigideira com manteiga e grelhe pedaços de pamonha salgada até se formar uma casquinha crocante por fora e o queijo ficar cremoso por dentro. Dos deuses!

7 comentário para “Pamonha salgada sem palha, muito mais fácil

  1. Tem razão Kris, é complicado ralar o milho pra fazer pamonha. O problema é que aqui no sul não tem pamonha pra comprar pronta… Fazer o que? Nem vende o milho já ralado… É encarar, ótima receita pra fazer com calma, qualquer dia e matar a saudade da dita cuja. Abraços!

  2. Dica fácil: Limpe as espigas de milho – passe a faca nas espigas para retirar os caroços. Depois, coloque o leite no liquidificador e vai acrescentando o milho. Não precisa passar pela peneira. Siga a receita. Quando estiver cozido, unte a forma e salpique queijo por cima. Leve ao forno para gratinar. Quanto ao "regime" – viva os prazeres da gula.
    Bon appétit. Silvan.

  3. Oi Silvan Carlos, eu estava tentando lembrar dessa receita que vc deu a Dica fácil, pois é assim mesmo que fazemos lá na Bahia quando nao temos tempo pra fazer a canjiquinha doce das festas juninas. Tirar os caroços com a faca e bater com leite no liquidificador e nem precisa coar, pode colocar tudo numa panela e levar ao fogo ate engrossar. A receita do site deve ser uma delicia tanto com carne quanto com a linguiça.hummmmm!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *