Vatapá de siri

Eu comprei siri para fazer casquinhas de siri mas, com a chegada dos camarões secos, decidi fazer um vatapá de siri! E não é que deu muito certo? Ficou delicioso! Vou servir na sexta, quando minha irmã chega de Poços de Caldas, de entrada para o Arroz de Hauçá, que vai ser o prato principal da noite! Para o vatapá virar entradinha, coloquei em casquinhas (daquelas que usamos para montar a casquinha de siri), salpiquei farinha de rosca para não borbulhar demais quando for ao forno, espetei uma pimentinha malagueta e congelei, primeiro aberta, e depois em sacos plásticos com 20 unidades. Ficaram lindas!!! Na hora é só levar ao forno!

Casquinhas congeladas

Vamos à receita que rende 40 casquinhas de vatapá de siri:

. 3k de carne de siri
16 fatias de pão de forma

2 vidrinhos de leite de coco + 150 ml de água

300 g de camarão seco

250 g de castanha de caju

4 tomates maduros

1 pimentão verde

2 cebolas grandes

5 dentes de alho

pimenta malagueta a gosto

1 maço de salsinha e cebolinha ou coentro

200 ml de azeite de dendê
2 colheres, das de sopa, de gengibre ralado ( eu usei óleo de pequi no lugar do gengibre)

Bata no liquidificador as cebolas, os alhos, os tomates, o pimentão e metade da salsinha (ou coentro). Aqueça uma caçarola grande e junte metade do azeite de dendê. Refogue a mistura batida no liquidificador nesse azeite e, após 10 minutos, junte a carne de siri. Refogue por mais 10 minutos. Bata no liquidificador as fatias de pão demolhadas no leite de coco e na água junto com a castanha, o gengibre (ou óleo de pequi) e o camarão seco. Acrescente essa mistura ao siri refogado e espere ferver e engrossar. Tempere com pimenta malagueta e acerte o sal. Junte o restante de dendê e de salsa (ou coentro) e sirva com arroz branco, acarajé ou em casquinhas.

As pimentas da foto são pimentas bode colhidas na pimenteira do Fafá e da Doidinha. Além de perfumadas e deliciosas elas são enormes e lindas! É claro que já tenho uma mudinha dessa pimenteira para plantar na minha horta!

8 comentário para “Vatapá de siri

  1. Oi Kris! Todo bom mineiro que se preze, tem um pezinho de pimenta bode no quintal! Aqui em Jaboticabal tenho o meu, e ontem mesmo, fiz uma colheitinha bem farta! Meus pezinhos de jilo caipira, tb ja estão lotados!Ai, adoooro!!
    O Kris, na verdade o que eu queria saber desse post, e onde vc compra essas danadas dessas casquinhas. Aqui em Jaboticabar, não encontro nem em sonho! Beijos querida, fique com Deus!

  2. Olá, Ju!!!!
    Eu tô plantando meus venininhos agora… Não vejo a hora da colheita! Não tinha pensado no jiló, que ótima idéia! Vou ver se acho muda!

    As minhas casquinhas são metade herença metade compradas na praia. Por aqui nunca vi. Mas procurei pra você e achei um site que vende. Dá uma olhada aqui: http://www.casquinhasdesiri.com.br/

    Muitos beijos

  3. Olá, Kris!
    Ficaram muito interessantes as tuas casquinhas!
    Outro dia comprei camarões secos em uma loja de temperos aqui no Rio de Janeiro, mas não consegui usá-los: além deles estarem encharcados de sal, ainda cheiravam muito forte! Fiquei guardando por alguns dias, mas não aguentei: joguei tudo fora, hahaha.
    Bjinhus..

  4. Valeu muito Kris!
    Ah, e o jilo, vc precisa arrumar um maduro, tirar as sementes, deixar secar e plantar. Vou fazer mudinhas pra vc, tem um madurinho no pe. Alem de jilo e pimenta, tenho chuchu, almeirão, tomatinho cereja, cebolinha, salsinha, alecrim, oregano, manjericão…Amo minhas coisinhas!Beijos Kris… prometo que qdo for, levo suas mudinhas de jilo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *