Ragu, massa fresca e amigos…

Na semana passada o Marcel do Sabor Sonoro nos convidou para um gostoso jantar na casa dele, da Carol e do Luca!

A Dani do Cozinha Travessa com o Alceu e o Edu, o Fabiano do Scriptease com a Doidinha, o Rogério Cunha do Radar e o Charles Chaim , além do meu amado maridão, completaram a festa!

Foi uma noite muito agradável, onde cada um preparou um prato!

Eu levei ragu e molho 4 queijos e prometi postar as receitas aqui no blog!

A Dani fez duas entradas muito boas, que você pode ver aqui e aqui.

O Marcel serviu um DELICIOSO caldo de cabotiá e camarões e você pode pegar a receita aqui.
Fizemos massa fresca e eu levei o ragu! Para quem não sabe, ragu é um molho denso e encorpado que leva vinho e tomates no preparo. As carnes devem ser cozidas lentamente até ficarem desfiadas e se incorporarem bem ao molho, dando um sabor maravilhoso. Seu preparo é lento e demorado… o que deixa sua casa perfumada por horas….
Para preparar o ragu que serve bem até 14 pessoas você vai precisar de:
800 g de carne de segunda bem limpa, em cubos médios (eu uso paletão sem nenhum nervo ou gordura)

400 g de pernil magro, em cubos médios

200 g de panceta defumada, em cubinhos
tempero caseiro a gosto

1 colher, das de sopa, de açúcar cristal
1 pedaço de pele de bacon defumado, inteira

2 cebolas bem picadas

4 dentes de alho, amassados
8 tomates italianos BEM maduros, sem pele, em cubos grandes

1 lata de extrato de tomate

1 cenoura grande, ralada na parte fina do ralador

250 ml de vinho tinto seco

1 folha de louro

4 ramos de tomilho

2 galhos de manjericão

1 xícara, das de café, de azeite EV

Aqueça uma caçarola de fundo grosso e junte a panceta e 1 fio de azeite. Coloque os pedaços de carne na panela, salpique o açúcar e o tempero e tampe a panela. Deixe a carne corar (mais ou menos meia hora), virando os pedaços com cuidado para o açúcar não queimar.

Assim que a carne estiver bem dourada junte a cebola e a cenoura. Refogue bem, cubra com água fervente e cozinhe, com o fogo baixo até a carne ficar macia, quase derretendo.
Acrescente os tomates, o extrato, o vinho, o louro e o tomilho e espere levantar fervura. Ferva até o vinho evaporar e perder o álcool, abaixe o fogo novamente e cozinhe até o molho ficar encorpado e a carne desfiando.

Junte o azeite, o caldo caseiro e o alho amassado e cozinhe por mais 15 ou 20 minutos. Acerte o sal e a pimenta, desligue o fogo, retire e descarte a pele do bacon e a folha de louro, acrescente o manjericão e abafe a panela por 10 minutos.
Dica: O açúcar, a cebola e a cenoura ajudam a amenizar a acidez do extrato de tomate.
Sirva com massa ou pão! Ou então coma puro! Eu gosto dele que qualquer jeito!
Na casa do Marcel eu servi com massa fresca, que já ensinei por aqui. Para fazer a massa tive a ajuda do meu maridão, do Marcel, do Rogério e do lindo Luca!
Olha só que coisa mais deliciosa! As crianças adoram colocar a mão na massa!!!!

Agora é só se deliciar….

Todas as fotos do post foram tiradas pelo Marcel! Obrigada, Marcel! Pelas fotos e pela excelente noite!

9 comentário para “Ragu, massa fresca e amigos…

  1. Oi Kris!
    Tá boa?
    Vc não quer me dar um curso de culinária não? fico vendo seu blog…Fico numa vontade de cozinhar, mas quando entro na cozinha olho telefone da pizzaria ai a vontade passa rapidinho…kkkkkkkkkkkkk
    Pensa bem, fazer a massa…
    até meu bolo de caixinha dá errado!
    Bjossssss

  2. Cecília, acredita que tô pensando de verdade em começar a dar aulas a partir de junho???hehehehe
    Eu gosto muito de ensinar acho que ensinar gastronomia deve ser ainda melhor.

    Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *