A minha receita de pão de queijo – Comida mineira

Outro dia descobri que nunca tinha postado a minha receita de pão de queijo… Minha, não…. A receita de pão de queijo que minha avó faz, que minha mãe fazia… Uma receita de família!

Receita escrita pela minha mãe, muitos e muitos anos atrás no seu caderno de receita

Os ingredientes influem muiiito no resultado do seu pão de queijo… Um bom polvilho e um queijo verdadeiramente mineiro darão um resultado muito melhor do que se você usar um polvilho industrializado e outro tipo de queijo…

O pão de queijo da minha família é feito com polvilho doce.
A maior diferença entre pão de queijo feito com polvilho doce e azedo é que, com o polvilho azedo ele fica oco, mais sequinho… e com o polvilho doce ele fica puxentinho por dentro, mais macio. Eu prefiro ele assim…

Um bom queijo Minas também faz toda a diferença mas eu sei o quanto é difícil achar um legítimo queijo Minas fora do nosso estado. Eu acho um absurdo essa lei que proíbe a comercialização do nosso queijo fora do estado de Minas.
Por isso, queria indicar para vocês um documentário maravilhoso do Helvécio Ratton ( o mesmo que fez Menino Maluquinho)  que fala sobre a tradição dessa nossa joia, o queijo mineiro, e sobre essa lei maluca. 
O documentário “O mineiro e o queijo” estreia nos cinemas no dia 30 de setembro em SP e no RJ e no dia 23/09 em BH. Eu super indico para todos!

Mas, voltando à minha receita, fotografei o passo a passo para vocês verem o ponto certinho da massa, tá?
A receita é:

– 4 medidas bem cheias de polvilho doce (use o tamanho de medida que você quiser, pode ser xícara, copo ou medida de 500 g , como foi a minha)
– sal a gosto
– 1 medida e meia de água ( a mesma medida usada para o polvilho)
– 1 medida de leite ( a mesma medida usada para o polvilho)
– 1 medida, menos dois dedos, de óleo ( a mesma medida usada para o polvilho menos 2 dedos)
– ovos até dar o ponto (eu usei 15 ovos caipiras para 2 k de polvilho)
– 2 medidas de queijo Minas ralado (meia cura ou curado)

Modo de fazer:

Coloque o polvilho, já medido, em uma “bacia” (bacia é bem coisa de mineiro, né?) e junte sal a gosto.
Dica importante: algumas pessoas colocam o sal para ferver  junto com os líquidos. Eu não indico fazer isso, o sal faz o óleo espirrar e pode te queimar. Temperar o polvilho é muito mais fácil.
Coloque o leite, a água e o óleo em uma panela de cabo e espere levantar fervura.
Escalde o polvilho com os líquidos ferventes, mexa com uma colher e espere amornar.

Assim que o polvilho amornar, acrescente os ovos, de dois em dois e aos poucos. Eu uso ovos caipiras e bem fresquinhos mas, mesmo assim, nunca quebro direto na massa para não correr riscos.
Vou juntando ovos e sovando a massa, até ela ficar lisa e sem grumos. Para 2 quilos de polvilho eu usei 15 ovos caipiras, que são bem menores do que os ovos de granja. Fique de olho para a massa não amolecer demais, tá?

Junte o queijo minas ralado e não sove, apenas misture cuidadosamente, com as mãos até o queijo se incorporar à massa.
Faça bolinhas, com as mãos sujas de óleo, coloque em uma assadeira e asse em forno forte, pré aquecido, por aproximadamente 40 minutos.
Essa receita rendeu cerca de 110 pães de queijo médios.

Para congelar: faça as bolinhas, coloque em uma assadeira, leve ao freezer por duas horas, retire as bolinhas congeladas da assadeira e transfira para sacos plásticos que possam ir ao freezer. Congele as porções.
Para assar os pães de queijo congelados não pré-aqueça o forno. Coloque a assadeira e só depois ligue o forno.

Quero agradecer a Renata que me ajudou nessa receita. Eu não tenho força suficiente no braço para sovar uma quantidade tão grande de pão de queijo e ela fez tudo pra mim! Obrigada, Renata!
Acabei de achar o trailer no documentário “O mineiro e o queijo” , acho que vocês vão gostar! Assista ao trailer comendo um pão de queijo quentinho e tomando um café bem forte e doce, tá?

14 comentário para “A minha receita de pão de queijo – Comida mineira

  1. Olá!!!!Obrigada!

    Imagino que possa ter 2 problemas no seu pão de queijo duro:
    – Ou você assa os pães congelados em forno pré-aquecido (o forno tem que começar frio).
    – Ou você deixa muito tempo no freezer antes de embalar. Assim eles ressecam muito. Eu deixo no máximo 2 horas congelando em aberto.

    Será que é um desses problemas?

    Beijos

  2. OI Kris,
    me fale uma coisa: onde vc acha um queijo legal que vc pode recomendar aqui em Uberlândia?
    Obrigada, bjs.

    ***Ah, dicas valiosíssimas do comentário aí de cima feita para Girafa. Muito obrigada!

  3. Kris
    Sou obrigada a te parabenizar pela receita, pelos detalhes, pelo pãozinho. Hum, queria um pra mim.
    Faz um tempo que não faço… Preciso ir pra cozinha um dia desse e fazer de novo.
    Bjs

  4. estou conhecendo seu blog agora e quero te dizer que é a melhor pg de culinãria que encontrei!
    adoro aprender e fazer delicias e aqui achei coisas maravilhosas!!! pbns querida e conte comigo diariamente te visitando e aprendendo! só espero não engordar ainda mais do que já estou…rsrsrs

  5. Kris,

    Conheci seu blog hoje, buscando uma receita de pamonha. Sou de Uberlândia,e vivo na Espanha há 4 anos. Babei na tela vendo quiabo, gariroba,taioba, jiló,pimenta biquinho, calabresa, paio. Aqui num tem nada disso, nem chuchu tem. Quase morri aguada. Pão de queijo, tive que adaptar e faço com queijo de saquinho, é mole? Levei a receita do doce de leite talhado e voltarei mais vezes prá matar a saudade da terrinha.Besitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *