Com amor….

Hoje é aniversário do meu amor e amanhã completamos 20 anos de casamento, nossa boda de porcelana….
Eu poderia postar mil receitas que ele gosta, contar para vocês o quanto ele me faz feliz ou o quanto ele é um bom pai e um avô maravilhoso.
Poderia dizer que quero passar mais 10, 20, 30, 50 anos ou até mesmo a eternidade, ao seu lado…  que ainda sim seria a mulher mais feliz do mundo.
Mas não vou falar nada! 
Essa foto fala por mim….
Rômulo, eu te amo!
Obrigada por você estar na minha vida… 

11 comentário para “Com amor….

  1. Minha Deusa te amo demais, espero que a cada dia que passe possa melhorar como homem e como marido para assim usufruirmos do nosso amor, que sei ser um dos maiores do mundo. Gata vc esta comigo mais da metade da minha vida, e realmente vc é parte dela nos bons e nos poucos maus momentos , obrigado por tudo e espero viver ao seu lado ate o ultimo dia da minha vida que ja considero especial por ter vc, Joao victor, Victoria, Joao Antonio e Benicio. Um beijão vc sabe aonde. Do seu sempre seu Homem. TE AMO! TE QUERO! TE DESEJO.
    ASS: Um homem realizado
    Rômulo Romaniello

  2. Parabéns Rômulo e desejo que vc e Kris sejam felizes para todo o sempre…Parabéns pelas bodas de porcelana, isto prova que o amor de vcs não será fácil de ser quebrado. É Deus agindo na família de vcs.onheci o blog hoje, super-híper encantada..Abraços aos dois!!

  3. Que lindo!!! Linda declaração de amor! Fiquei encantada! Parabéns ao marido da Kris! E que união de vocês seja a cada dia mais e mais abençoada por Deus! Felicidades! Beijocas! Paty

  4. O dois combinam, são completamente lindos.
    O segredo docasamento é que, as pequenas coisas são as grandes coisas. É jamais ser muito velho para dar-se as mãos. É lembrar de dizer "te amo", pelo menos uma vez ao dia. É nunca ir dormir zangado. É ter valores e objetivos comuns. É estar unidos ao enfrentar o mundo. É formar um círculo de amor que uma toda a família. É proferir elogios e ter capacidade para perdoar e esquecer. É proporcionar uma atmosfera onde cada qual possa crescer na busca recíproca do bem e do belo. É não só casar-se com a pessoa certa, mas ser o companheiro perfeito." E para ser o companheiro perfeito é preciso ter bom humor e otimismo. Ser natural e saber agir com tato. É saber escutar com atenção, sem interromper a cada instante. É mostrar admiração e confiança, interessando-se pelos problemas e atividades do outro. Perguntar o que o atormenta, o que o deixa feliz, por que está aborrecido. É ser discreto, sabendo o momento de deixar o companheiro a sós para que coloque em ordem seus pensamentos. É distribuir carinho e compreensão, combinando amor e poesia, sem esquecer galanteios e cortesia. É ter sabedoria para repetir os momentos do namoro. Aqueles momentos mágicos em que a orquestra do mundo parecia tocar somente para os dois. É ser o apoio diante dos demais. É ter cuidado no linguajar, é ser firme, leal. É ter atenção além do trivial e conseguir descobrir quando um se tiver esmerado na apresentação para o outro. Um novo corte de cabelo, uma vestimenta diferente, detalhes pequenos mas importantes. É saber dar atenção para a família do outro pois, ao se unir o casal, as duas famílias formam uma unidade. É cultivar o desejo constante de superação. É responder dignamente e de forma justa por todos os atos. É ser grato por tudo o que um significa na vida do outro. O amor real, por manter as suas raízes no equilíbrio, vai se firmando dia a dia, através da convivência estreita. O amor, nascido de uma vivência progressiva e madura, não tende a acabar, mas amplia-se, uma vez que os envolvidos passam a conhecer vícios e virtudes, manias e costumes de um e de outro. O equilíbrio do amor promove a prática da justiça e da bondade, da cooperação e do senso de dever, da afetividade e advertência amadurecida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *