Cachorra assada na brasa

Eu nunca fui muito fã de peixe de água doce! Como apenas o surubim, SEM O COURO.
Sou enjoada e sempre acho que os outros tem gosto de barro…
Se for peixe com couro, então… afe! Nem experimento! E, como não gosto de comer, não gosto de fazer!! Sofro para preparar peixe de água doce!

Mas o maridão, o filhote e o Ju voltaram da pescaria do Rio Kuluene, no Xingu, com muuuuitos peixes!  E eu vou ter que me virar nos 30 e preparar mais de 70 quilos de peixe nos próximos dias!!! Tenho que me redimir do desastre que aprontei com o único peixe que o maridão trouxe da pescaria do ano passado…

A Kamilota sempre me falou dessa cachorra assada! No ano passado ela fez e falou que era maravilhosa!
Como o rio estava pra peixe, eles trouxeram 2 cachorras!

Olha só o motivo da danada ter esse nome: prestem atenção no tamanho dos dentes da bixa
Mas é para olhar só pro peixe, tá? O maridão é meu e ninguém tasca…hahahahaha

Agora uma foto do maridão e do filhote numa das paisagens mais lindas do mundo!

No domingo das Mães era, também, o aniversário do Ju. Então ele preparou uma cachorra pra nós. Eu fiquei do lado dele, fotografando e prestando muita atenção para aprender direitinho e não fazer arte com a cachorra do Rô.
Quando ficou pronto vocês não imaginam a minha surpresa! O peixe é DELICIOSO!!!!!!!!!!!!!! Eu amei… A carne me lembrou o sabor de frango, só que com uma textura muito mais macia…

Fiquei fã do tal peixe! E estou louca pra preparar a cachorra do maridão que está no freezer…
Cachorra do maridão? Pegou mal, né? Já me imaginei num shortinho minúsculo, descendo até o chão, num baile funk, dentro do freezer!!!  Não pegou bem…hahahahaha

Vou largar minha imaginação fértil de lado e vou mostrar a receita!
Vou mostrar direitinho para vocês como ele fez.

Para a receita você vai precisar de:

1 peixe cachorra aberta pelas costas e limpa
rodelas de tomate maduro
rodelas de cebola
rodelas de alho
azeite a goto
sal fino a gosto

Vá até a Pousada Xingu, no Rio Kuluene, Pegue uma cachorra de 8 quilos, peça para o pirangueiro abrir pelas costas e congele o peixe!
Já na sua cidade, retire a coluna, juntamente com a cabeça e o rabo do peixe, tempere a manta de peixe com sal fino (apenas sal), cubra com rodelas de tomate, cebola e alho, salpique mais sal fino e leve para a churrasqueira, em brasa bem quente. Mantenha o peixe a 20 cm da brasa e depois, caso necessário, aumente para 30 cm da brasa.
Quando o peixe estiver assado por inteiro, regue com azeite e mantenha mais alguns minutos no fogo.
Sirva e se mate de comer!!!!

3 comentário para “Cachorra assada na brasa

  1. KKKKKKKKKKKK,ESTOU MORRENDO DE RIR,COM A FRASE "SHORTINHO CURTO DANÇANDO UM FUNK,KKKKK FOI DEMAIS.DEVE TER FICADO BOM MESMO,MAS ACHO QUE AQUI EM SP NAO TEM CACHORRA PRA VENDER,SO AS DO FUNK MESMO KKKKK.
    MARCIA-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *