Barriga de porco na panela de pressão

Lembram da barriga de porco – buta kaku-ni, receita da Marisa Ono, que postei aqui no blog?
Desde que fiz fiquei com vontade de testar uma versão mais rápida, na panela de pressão. No dia do Jantar Oriental resolvi testar essa versão.
A Flávia Takamatsu, uma leitora do blog e amiga virtual, me mandou um link com receita (traduzida, é claro!) que me ajudou muito na hora de criar a minha versão da barriga de porco.
Obrigada, Flávia, pela receita!

A minha versão foi simplificada no último, então acho que nem devo chamar de Buta kaku-ni, acho que ela pode ser chamada de barriga de porco agridoce.

Fiz assim:

Cortei a barriga de porco em quadrados e coloquei no fundo da panela de pressão com a pele para cima.
Fiz uma mistura com:
– 1/2 copo de saquê
– 1/2 copo de mirim
– 1/2 copo de shoyu
– 1/2 copo de água com 1 colher, das de café, de hondashi (industrializado)
– 1 pedaço de 3 cm de gengibre
– 1 pimenta ardida
– 2 colheres, das de sopa, de açúcar
Cobri a barriga de porco com essa mistura, tampei a panela de pressão e levei ao fogo por 25 minutos, após pegar pressão.
Retirei a pressão da panela, destampei e deixei no fogo baixo por mais meia hora.

Não ficou igual mas ficou DELICIOSA!!!! E ficou pronta em 1 hora.

Não tirei foto dela na hora de servir porque estava fritando os rolinhos e acabei me esquecendo, mas posto aqui a foto da outra versão que, visualmente, ficou muito parecida.

6 comentário para “Barriga de porco na panela de pressão

  1. Ola, Kris!

    Que delicia de adaptacao! Adorei e muito obrigada em citar meu nome neste post.

    Tambem ja fiz o buta no kakuni na panela de pressao, a unica diferenca eh que fritei a carne conforme a figura do link pra selar a carne e ajudar a manter o formato, na propria panela e descartei o excesso de gordura liberada, de resto, tudo igualzinho!
    Que bom que o jantar foi um sucesso, a noite deve ter sido maravilhosa~

    Beijos!

  2. Flávia, eu fiquei com medo da barriga endurecer se fritasse antes, por isso fiz direto com o molho… E sabe que ela não perdeu a forma? Ficou deliciosa….
    Muito obrigada, mais uma vez, pela ajuda, tá?
    E já peguei as dicas do pepino… Da próxima vez vou colocar polvo, que é uma das coisas que o maridão mais gosta!!!

    Um beijão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *