Joelho de porco

Em julho estive no Mercadão de São Paulo e trouxe 5 joelhos de porco frescos de lá. Cheguei e coloquei  no freezer, esperando uma data especial para fazer os danados.
Na semana passada surgiu essa data. Fiz um jantar aqui em casa para conhecer os pais da minha cunhadinha Cecília, namorida do meu irmão Fafá.
Cada um dos meus irmãos trouxe, também, um peixão já temperado para assar no forno.
No final das contas tinha taaanta comida, mas taaanta comida, que meus joelhos ficaram esquecidos, todo mundo foi de peixe.
No outro dia fizemos uma sóca (*) (termo mineirês que quer dizer passar o dia na leseira comendo as sobras do dia anterior)  na casa da Lu e, aí sim, meus joelhos foram devorados com gosto! Estavam tão bons que roemos até os ossos…

Eu preparei 5 joelhos com aproximadamente 1 quilo cada um, vou passar a receita para essa quantidade. Você pode mudar as quantidades de acordo com o número de peças, tá?

5 joelhos FRESCOS de porco
2 litros de água
400 ml de vinho tinto seco
4 colheres, das de sopa, de maple syrup (se você não tiver use 1 colher bem cheia de açúcar cristal ou mascavo)
5 folhas de louro
4 pimentas frescas repicadas
4 colheres, das de sobremesa, de tempero completo caseiro ou 3 colheres de sal
4 dentes de alho, picados grosseiramente

Lave bem os joelhos, sapeque aqueles pelinhos horríveis na chama do fogão ou com um maçarico de cozinha e coloque em um recipiente fundo de vidro ou louça (não use alumínio).
Faça uma salmoura com todos os outros ingredientes e cubra os joelhos com essa salmoura. Mantenha na geladeira por uma noite.

Após umas 12 horas marinando, retire os joelhos e envolva cada um em 2 folhas grandes de celofane, como eu mostro na sequência de fotos abaixo:

– Recorte 2 folhas de 70 x 70 cm , coloque uma sob a outra e coloque um joelho no centro.
– Junte as pontas das folhas de celofane com as mãos e acrescente 2 conchas do caldo da marinada por cima do joelho. Tome o cuidado de colocar 1 folha de louro e um pedacinho de pimenta em cada “bala de joelho”, tá?
– Amarre o celofane bem apertado com um barbante culinário e corte os excessos.
– Repita o processo com os outros joelhos e coloque um ao lado do outro em uma assadeira.
– Leve ao forno baixo,  em 110 graus, por 6 horas.

Após as 6 horas, retire a assadeira e aumente a temperatura do forno para 300 graus (ou a temperatura máxima).
Retire os joelhos do celofane e acomode um ao lado do outro, na mesma assadeira.
Quando o forno estiver bem quente volte os joelhos e deixe por 7 ou 8 minutos, até a pele ficar vitrificada.

Eu AMO a pele molinha, apenas cozida, então levei ao forno quentão apenas por 1 minuto ou 2.

Coma longe das visitas para poder usar as mãos e roer até os ossos!!!!!!!!!!!!!!

1 comentário para “Joelho de porco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *