Um desabafo e uma Salada de polvo e mexilhão

Não ando nada boa…. Desde o dia 27 de outubro minha vida virou de cabeça pra baixo… Minha irmã Karla (única menina além de mim), sofreu um AVC hemorrágico e está em coma desde o dia 29 de outubro.
Desde então, cada notícia, cada piora, cada pequena melhora me abalam no fundo da alma.
Estou com a cabeça oca, completamente alienada para as tarefas do dia a dia, com o coração partido….

Queria culpar os médicos do Hospital Pedro Sanches, de  Poços de Caldas, que negligenciaram e mandaram ela pra casa POR DUAS VEZES dizendo que as dores de cabeça fortíssimas, as náuseas, a confusão mental e a dormência na perna eram sintomas de uma enxaqueca clássica.
Queria poder bater (de dar porrada na cara, messssmo) na FDP da médica que RIU, isso mesmo, dava risada,  enquanto minha irmã convulsionava e tinha sua segunda hemorragia cerebral na sua frente.
Queria poder abraçar e agradecer a cada médico e enfermeiros que estão cuidando dela com tanto carinho no Hospital Madre Teodora, em Campinas.
Queria colocar meus 3 sobrinhos, filhos da Karla, no colo e cuidar deles com o maior amor do mundo.
Queria dizer ao meu cunhado Ulisses, que só sai do hospital para dormir, mesmo só podendo ver a Karla por 1 hora por dia, que eu queria estar ao lado dele TODOS OS DIAS nessa batalha mas que não posso deixar meus filhos e minha casa por tanto tempo, por isso estou passando só 1 ou 2 dias por semana. Quero dizer ao Ulisses que eu admiro a força, a coragem e o seu amor pela Karla.
Queria agradecer meus filhos e meu maridão que estão tendo paciência, carinho e muito amor comigo nesses dias tão difíceis.
E queria agradecer a cada amigo que está em oração pela recuperação da Karla. Seja pelo Facebook, pessoalmente, pelo telefone ou por e-mails, são centenas de mensagens de carinho e muita, mas muita energia positiva. MUITO OBRIGADA POR TUDO! E ainda precisamos de mais orações!
Queria poder dizer à Karla que estou com saudades… que sinto falta de falar com ela todas as manhãs, que sinto falta de pedir a opinião dela a cada coisa nova que vou fazer,  que sinto falta DELA!!!!!!!!!!!!! Muita falta, mesmo!!!!!!!!!!! E dizer a ela ter muita força, que nós queremos ela de volta… de qualquer jeito!

Mas vamos ao que interessa a vocês, as receitas!

Vocês sabem que eu cozinho para relaxar, né?
E por estar com os nervos a flor da pele, estou indo bastante para a cozinha…. Não é todo dia que tenho saco para fazer produção e fotografar…. Muitas vezes eu não tenho vontade nem de comer o que cozinhei, imagina fazer foto?
Mas vou fazer uma forcinha e tentar, nem se for com o celular, tirar algumas fotos e trazer novidades para vocês!

Hoje vou mostrar uma salada de polvo com mexilhões

O vinagrete de polvo, que vai por baixo dos mexilhões, eu já ensinei aqui no blog como fazer. É só entrar aqui ó e pegar a receitinha.
Os mexilhões são feitos na frigideira. Os meus tinham casca mas você pode usar os sem casca, tá?
Coloque uma frigideira de fundo bem grosso no fogo e junte azeite e dois dentes de alho, amassados. Logo em seguida junte os mexilhões e sacuda bem a frigideira para que todos os mexilhões fiquem besuntados de azeite com alho. Junte vinho branco a gosto e espere o vinho evaporar quase completamente. Acerte o sal, se necessário, e junte os mexilhões ao polvo.
Junte um pouco de vinagre balsâmico ao caldinho que sobrou na frigideira que foi usada para preparar os mexilhões, espere reduzir um pouco e desligue o fogo. Junte cebola roxa bem picada e 1 pimenta dedo de moça , também bem picada, mexa bem e regue os mexilhões com esse caldo maravilhoso.
Leve à geladeira até esfriar.
Cubra com folhas de coentro (ou salsinha) e sirva com torradas de ciabatta.

20 comentário para “Um desabafo e uma Salada de polvo e mexilhão

  1. Querida… adoro esse cantinho maravilhoso gastronomico e td tão misturados com várias emoções…
    Desejo-lhe Coragem, Força e Fé para esse momento tão delicado em sua familia e sempre que tiver oportunidade converse mentalmente com a Karla, encorajando-a, confortando-a e peça aos nossos Irmãos Espirituais que estendam suas mãos em beneficio de sua cura. Estarei em oração florzinha!! Bjos Axé!!

  2. Tudo vai dar certo minha amiga querida. Me da coisa saber a negligencia dos medicos porque de uma forma ou outra sempre estamos nas maos deles.Minha mae a pouco também sofreu esse tipo de negligencia e foi dada de alta com uma peritonitis,se queixou da dor e lhe dizeram que era normal… se nao fosse pelos meus tios medicos,que agiram rapidamente e a internaram em outro hospital, hoje ela ja nao estaria mais conosco. Eu tive muita fe ..e ela se recuperou lentamente.Sei que a Karla vai sair dessa..enquanto isso cozinhe munha amiga, relaxe , sei que é dificil, mas tente nao pensar muito….vai te fazer bem esses momentos. Um beijo enorme e todas as minhas oracoes estao para sua irma. Todos os domingos coloco o nome dela na lista de oracoes pela saude na igreja. Bjs

  3. Kris, como sempre, emocionei ao te ler. Porque além do dom do sorriso largo, da comida maravilhosa, tem o dom de escrever de um jeito que parece que estou te ouvindo. Continuamos aqui direto nas orações. Te amo muito, amiga, e espero que estas provações deem um tempo. E assim que a Karla estiver boa, quero conhece-la pessoalmente, na sua casa, comendo aquele pernil maravilhoso. Bjksss, love you.

  4. Cris,

    Receba um abraço de apoio desta vizinha virtual. Como perdi o meu pai devido a um AVC, Sei bem como você se sente, embora a sua dor tenha o acréscimo da mágoa, por causa dos maltratos sofridos por sua irmã. É de estarrecer a gente ler ou ouvir falar de um comportamento assim de um médico, né?
    Tenham fé e sigam em frente! E que a doente se recupere plenamente.

    Boa tarde!

  5. Sinto muito por voce.Meu abraço caRINHOSO E MINHAs oraçoes.Tudo vai dar certo.Confie, tenha fé.Peço a Deus que proteja e de muita força para voce . para sua irmã e toda família.Fiquem com Deus.

  6. Kris, seu prato ficou lindo, nunca comi nem polvo e nem mexilhões.

    Bem quanto ao seu desabafo, fiquei comovida e emocionada, com o que vc conta sobre os medicos de Poços.
    Pura falta de humanidade e proficionalismo, será que não aprenderam que com doença não se brinca?
    A partir de hoje incluo a Karla em minhas orações, e se Deus quiser ela logo estará bem.
    Bjs e Boa Tarde

  7. Poxa Cris… Nao sabia da sua irmã, mas espero de coração que tudo fique bem e que vc consiga ficar em paz com tudo. Orando por vocês!! Desejo-te força para enfrentar tudo o que vier pela frente, paciência e enfim, amor a vida (:

  8. Oi lindinha!
    Compartilho com vc nas alegrias e principalmente na tristeza. Com certeza, todos ouviram o que vc disse e quem mais está te entendendo, compreendendo é quem poderá lhe dar o conforto de uma boa notícia…é nosso mestre Jesus, filho de Deus nosso Pai.
    Peço as Forças Divinas e a falange de Bezerra de Menezes que lhe dê força e saúde à sua irmã.
    Muita luz e paz

  9. Olá Kris,
    Minha primeira visita aqui e de cara esse turbilhão de emoções no seu desabafo e em suas receitas. Ao mesmo tempo que quero parabenizá-la pelo delicioso Blog, sinto que vc merece muito mais…Acredito muito que nada nessa vida é por acaso…Parabéns pelo lindo elo espiritual que existe em sua família. Quando tudo isso passar agradeça sua irmã por mim…ela me fez chegar até você.
    Um grande abraço cheio de energias positivas!

  10. Kris, fiquei um bom tempo sem aparecer por aqui, por estar com alguns "probleminhas" também, mas quando chego aqui e leio esse desabafo, sinto que não são nada diante de tanto descaso e seriedade do problema de sua irmã.
    Receba meu abraço fraterno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *