Caldo de jiló

Pensa numa coisa boa….
Esqueça todo o preconceito que você tem  em relação ao jiló e corra pra fazer esse caldo pro final de semana!
No carnaval, no rancho da Lane e do Lau, esse caldinho rolava toda hora, como aperitivo. Para quem está tomando uma cervejinha, não tem nada melhor… Ele cura qualquer ressaca!
Fiquei apaixonada e pedi a receita pra Lane.
Agora posto aqui, para vocês…

Lave e tire os talos do jiló ( use quantos quilos quiser) e coloque em uma panela (pode ser panela de pressão). Cubra com água e tampe a panela. Cozinhe até os jilós ficarem bem macios.
Bata os jilós cozidos no liquidificador, usando um pouco da água do cozimento.
Passe o jiló batido por uma peneira fina para retirar as sementes e casquinhas, volte o creme para a panela e espere ferver até obter o ponto que você mais gosta. O caldo da Lane parecia uma vitamina de abacate, era beeem cremoso. Se necessário, use mais água do cozimento dos jilós.
Tempere com sal e pimenta ou caldo de galinha.
Sirva com uma pimentinha bode fresca e gotas de limão china…
Dos deuses… ainda para para dias chuvosos…

4 comentário para “Caldo de jiló

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *