Cuscuz Paulista

Eu fiz esses cuscuz (xiiiii… não sei como é o plural de cuscuz… será cuscuzes?) já faz alguns tempo.. só que, no mesmo dia que eu fiz a receita, descobri o tumblr Melhor que fome e li  esse post DETONANDO toda e qualquer decoração de cuscuz já postada nessa e em outra encarnação virtual.
Tremi de medinha da língua afiada da dona do Melhor que fome já que até a “Thássia Naves do mundo da culinária” já deu pinta por lá usando uma peça da marca japonesa Miojo num look totalmente italiano, coisa que pode até ser compatível no mundo fashion mas é abominado no mundo glamouroso dos blogueiros de gastronomia!
Depois de algumas sessões de terapia e grossas gotas de Rivotril , consegui voltar aqui e postar não só uma, mas 3, isso mesmo, TRÊS fotos dos meus cus-cu-zes! 
E que se dane o tumblr que posta os deslizes culinários e fotográficos de seres carentes de atenção como nós blogueiros gastronômicos e metidos a gourmet. 
Ninguém sabe o que nós passamos, não é mesmo colegas blogueiros?… Pior que ser detonado no Melhor que fome por decorar um singelo cuscuz com ovo cozido e milho e sardinha de lata é receber proposta de divulgação de marca conhecida em “troca” de ganhar  míseras latinhas de leite condensado ou alguns saquinhos de tempero em pó feito de amor… 
Isso sim, nem Rivotril salva….
E vamos ao que realmente interessa: a receita COM FOTOS do danado do cuscuz (decidi que não vou mais usar o plural, achei meio pornográfico):
A lista de ingredientes é loooonga….
1 peito de frango cozido em 1 litro e meio de água temperada com sal, alho, pimenta e cebola
80 ml de azeite EV
1 cebola bem picada
2 dentes de alho, amassados
1 lata de tomates pelados, grosseiramente picados
1 lata de milho verde, drenada . Use metade na panela e reserve a outra metade.
1 vidro grande de palmito, fatie dois palmitos em rodelas e reserve e os outros pique em cubinhos e use na receita
200 g de ervilhas congeladas, aferventadas.  Use metade na panela e reserve a outra metade.
pimenta ardida, a gosto
salsinha e cebolinha, a gosto
Sal e pimenta moída na hora, a gosto
4 latas (medida da lata do tomate pelado) do caldo do cozimento do frango. Se necessário, complete com água fervente
1 lata e meia de farinha de milho
1/2 lata de farinha de mandioca
Para decorar:
Palmitos em rodela, reservados
Milho reservado
Ervilhas reservadas
Tomates verdes, em rodelas
Metades de sardinhas
Tomatinhos sweet grape, partidos ao meio
Ovos cozidos partidos ao meio
Use o que sua imaginação deixar no cuscuz, viu? Afinal, o cuscuz é seu e você faz o que bem quiser com ele… O importante é lubrificar com muito azeite! 🙂
Modo de fazer:
Cozinhe o frango na água temperada, retire, desfie e reserve. Passe a água do cozimento do frango por uma peneira, reserve.
Aqueça uma panela de fundo grosso e coloque metade do azeite, a cebola e o alho. Espere a cebola murchar e junte o frango desfiado. Refogue por 5 minutos e junte os tomates pelados com o suco todo. Espere ferver e junte os palmitos, as ervilhas e o milho em lata. Assim que levantar fervura novamente vá acrescentando as farinhas, lentamente, e misturando delicadamente para não empelotar.
Espere a massa engrossar, ficar bem compacta e começar a desgrudar do fundo da panela,  acerte o sa, junte as pimentas, o cheiro verde e o restante do azeite e desligue o fogo.
Como enformar o cuscuz:
Unte com bastante azeite a forma que você vai usar…
Você pode fazer porções individuais ou uma porção grande, na forma de pudim,  e dividir em fatias, como se fosse um bolo. Eu fiz dos dois jeitos para mostrar pra vocês… Garanto que você pode servir das duas formas na sua festinha que vai ser sucesso.
Decore do seu jeito… não se esquecendo de que, quando desenformar, a parte que vai ficar a mostra é a que ficou voltada para o fundo da forma, tá?
Coloque a massa ainda quente do cuscuz, delicadamente, por cima da decoração e aperte com as mãos. Bata a forma em uma superfície com pano para o recheio se “assentar”. Tampe a forma com um pano úmido e espere 3 ou 4 horas para desenformar.
Para desenformar é fácil: é só virar a forma no prato de servir e dar leves pancadinhas… ele se solta melhor do que bolo.
PS. Acho que me humor ácido está voltando…. Muito cuidado! hehehehe

5 comentário para “Cuscuz Paulista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *