Massa fresca colorida e farfalle caseiro

Não ando numa fase muito boa… Não estou rindo à toa, sacumé? Muita coisa acontecendo ao mesmo tempo… e minha cabeça demorando para processar tudo rapidamente!
Quando estou assim gosto de ir pra cozinha fazer massa. Quando estou na cozinha me esqueço de todos os problemas… Só penso no resultado da receita!
No dia que fiz essa massa o maridão também estava estressado e foi só ele começar a me ajudar para tirar a “carranca” do rosto e deixar o mau humor ir embora junto com o suor!
E, o que era para ter sido uma noite tensa, acabou sendo uma noite tranquila e relaxante…
Foi como se as crianças grandes aqui tivessem brincado com massinha de modelar!
Foi assim que chamei minhas massas coloridas: massinhas de modelar!
Como é bom fazer massa caseira…
Nossa! Me alivia a alma! E o resultado? Para mim é simplesmente comfort food!

Já ensinei a fazer massa fresca várias vezes aqui no blog, lembra? Se não lembra, é só ir na barra de pesquisa aqui do lado direito e procurar por “massa fresca”!
Mas eu nunca tinha postado as minhas massinhas coloridas.

Olha só com as cores ficam lindas!!!

Eu prefiro usar o pó para tingir a massa. É muito mais fácil, acho os tons mais vibrantes e quase não noto diferença no resultado final.
Comprei o pó de espinafre e o de beterraba em uma banca do Mercadão de São Paulo. Eles são bem baratinhos, rendem bem e duram 1 ano… Então gosto de abastecer minha despensa quando vou ao Mercadão.

Para cada 300 g de massa eu uso:
80 g de farinha de granno duro
220 g de farinha de trigo
3 ovos batidos no liquidificador com 15 g de pó de beterraba ou de espinafre
1 colher, das de sopa, de azeite
1 pitada de sal
1 colher, das de sopa, de água

Bata os ovos com o pó de colorir (cada cor de uma vez, por favor! rsrsrsrs) e reserve.
Junte as duas farinhas na sua bancada de trabalho, faça um buraco no centro das farinhas e junte os ovos batidos, o sal e o azeite. Comece misturando com um garfo e depois use as mãos. Acrescente uma colher de água, se necessário.
Sove até a massa ficar bem lisinha, cubra com filme plástico e deixe descansar por meia hora.

Repita o processo com as outras cores desejadas e faça uma porção de massa tradicional.

Após o tempo de dencanso, reparta a massa no número de ovos usados na receita. Se você usou 3 ovos, faça 3 porções. Cilindre cada porção várias vezes até a massa ficar bem lisa e brilhante. As outras porções devem ficar cobertas com plástico.
Vá regulando a espessura da massa no cilindro.
Quando ela chegar na espessura desejada, acerte os lados com a ajuda de uma faca e corte em porções de 50 cm de cumprimento.
Eu tenho um varal próprio para massas mas você pode usar até o encosto de uma cadeira como varal , basta cobrir o encosto com um pano de prato seco e limpo.
Corte a massa no formato desejado.
Eu uso o cortador do próprio cilindro para talharim e a faca para fazer o pappardelle, o meu corte preferido!

Pappardelle é aquela massa bem larga, que fica simplesmente PERFEITA apenas passada na manteiga queimada!
Não sabem o que é manteiga queimada? É a famosa manteiga noisette!
Basta colocar uma boa quantidade de manteiga na frigideira e deixar ela ficar acastanhada. Nesse momento, retire a frigideira do fogo, acrescente um pedacinho de manteiga gelada para cortar o cozimento da manteiga noisette e junte a massa cozida ao dente. Aí e só temperar com sal e pimenta e correr pro abraço…. Como eu sou apaixonada por parmesão eu ralo um pouquinho por cima da massa e salpico a ervinha que estiver com vontade. No pappardelle paglia e fieno (paglia/palha = tradicional e  fieno/feno =verde) eu usei manjerona e orégano fresco.

Farfalle

O Farfalle  bicolor caseiro eu nunca tinha feito… mas namorava o álbum de fotos do meu amigo Márcio Bernardes desde o dia que ele postou as fotos da massa bicolor. Na semana passada foi aniversário dele e eu entrei para deixar um recadinho! Quando me lembrei da massa bicolor acabei não resistindo… Abri o álbum de fotos do Márcio, fiz a massa do meu jeito e quebrei a cabeça tentando acertar nas tiras bicolores para o farfalle ficar tão bonito quanto os dele! Na verdade, TODO o álbum de fotos de massa dele é um espetáculo a parte!! Cada coisa linda de se ver…

Como não tinha o “modo de fazer” nas fotos, fiz assim: abri uma tira de massa de cor de beterraba, cortei como sei fosse talharim, coloquei uma tirinha ao lado da outra, por cima de uma massa tradicional, comprimi com as mãos as tiras para que elas grudassem na massa tradicional e passei no cilindro. Já adianto que essa minha técnica não dá muito certo…hahhahaha
Até que não ficaram tão feiosos, né? Mas não chegaram aos pés dos dele..hahahahaha

Mas achei tão chaaato e demorado que só fiz 30 farfalles e desisti!

Para o formato é fácil: Corte tiras de 2 cm e depois faça retângulos de 2cm x 4 cm. Passe ovo no centro e, com a ajuda do fura bolo e do mata piolho, aperte o centro do retângulo, como mostro na foto acima.
Deixe as gravatinhas secando de um dia para o outro, cozinhe em água fervente até ficarem ao dente e prepare da mesma forma que eu preparei o pappardelle paglia e fieno. Decore com flores de manjericão e folhas de manjerona e pronto: uma massa linda, perfumada e deliciosa…

3 comentário para “Massa fresca colorida e farfalle caseiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *