Festival Gastronômico de Monte Verde e a receita que preparei…

Quem me segue no Facebook sabe que dia 12 eu estaria em Monte Verde para ministrar um workshop… Workshop que dei no Festival Gastronômico de Monte Verde de 2016, que tinha como tema a Culinária Mineira. O prato que ensinei e servi foi o Arroz de Costelinha cozido no caldo de feijão preto com tropeiro de feijão preto e um caldinho caipira bem picante. Já ensinei esse prato aqui, lembram? Foi um prazer e uma honra participar de um Festival tão consagrado e poder mostrar meu trabalho ao lado de Chefs maravilhosos como Sonia Kohen , Elzinha Nunes, Breno Lerner, Mônica Rangel, André Leiras Prujansky e muitos outros… Acabo de chegar em casa e ainda estou encantada de como fui bem recebida em todos os locais e do carinho das pessoas que participaram do workshop. A turma que me assistiu é muito  fofa… amei cada pessoa!!! Me deu até vontade de me mudar para Monte Verde. Morar eu não […]

Baião de dois

Meus filhos estavam me pedindo a semana toda para fazer risotto de carne seca com cabotiá e couve frita no almoço de domingo mas, não ando numa vibe de risotto, sabe? Acho que enjoei depois de fazer todas as variações possíveis de risotto! Resolvi fazer o baião de dois, que leva quase os mesmos ingredientes e que eu amo!!! Acho tão fácil fazer baião… tem gente que acha difícil, com muitos ingredientes… mas o fato é que suja só duas panelas (fato muito importante) e no domingo a gente não quer ficar lavando montes de panela, né? Na verdade não sou fã de lavar panela dia nenhum!!! E eu tive ajuda!!! Meu neto lindo me pediu para aprender a cozinhar e picou todo o queijo pra mim! Fiquei toda derretida…. Ele foi impecável! Acho que leva jeito pra cozinha… Vou me empenhar em ensinar tudo pra ele! E vou ensinar vocês, também! Vamos aprender a fazer o […]

Purê rústico de abóbora

Quer um acompanhamento maravilhoso e com gosto de Bahia? Então corre pra fazer esse puré de abóbora! Ele é super nutritivo e saboroso… para servir com um peixinho grelhado ou moqueca, não tem nada melhor! E é de quinta, de tão fácil. Lave muito bem uma abóbora cabotiá (ou outra, de sua preferência) e corte em 8 partes. Retire as sementes, coloque em uma panela, com cascas e tudo, e junte 1 copo de água, uma boa pitada de açúcar e 4 dentes de alho descascados. Tampe a panela e cozinhe até a abóbora ficar macia, quase desmanchando. A água vai praticamente secar, se necessário, pingue um pouco mais, para não queimar. Quando a abóbora e os alhos estiverem desmanchando, termine de amassar com um garfo ou um amassador de batatas. Com o fogo ainda aceso, regue com leite de coco até o purê ficar cremoso, porém ainda firme. Junte um bom fio de azeite […]

A piadina da Rita Lobo com abacate e ovo de 6 minutos

 Eu confesso que tinha sérios problemas em usar abacates em receitas salgadas.  Não sei, cresci achando que abacate devia ser com leite e açúcar numa bela vitamina ou então em cubinhos, com açúcar e limão, naquele lanche da tarde que as avós faziam para dar “suantânça” (sic) nas crianças… Quando me apaixonei por guacamole preferia não pensar que ele era feito com abacate…hahahaha Comia achando que era outra coisa…. Mas, outro dia o maridão ganhou um saco enorme de abacates do tipo manteiga de um amigo e calhou de ser no dia que eu estava fazendo a maravilhosa piadina da Rita Lobo para o lanche. Resolvi juntar a piadina, o abacate e ovo de gema mole e descobri que não não vivo mais sem essa combinação! Com um bom fio de azeite e sal e pimenta moídos na hora, é a mais pura perdição! Se você é como eu, e tem preconceitos com alguns ingredientes, […]

Bolo de leite condensado de liquidificador

  Esse bolo é pra gente preguiçosa, igual eu. Não sou muito fã de fazer bolo em batedeira, prefiro o liquidificador…. e nada de claras em neve e gemas batidas até dobrar de volume. É só colocar tudo no copo do liquidificador e pronto! Olha como é fácil… Bata até ficar homogêneo: 2 ovos 1 xícara, das de chá, de açúcar 1 lata de leite condensado a mesma medida da lata de leite 2 colheres, das de sopa, de manteiga 2 xícaras, das de chá, de farinha de trigo. Depois de bem batido, acrescente : 1 colher, das de sopa, de fermento em pó. Misture bem, coloque em uma forma untada e enfarinhada e leve ao forno médio por mais ou menos, 40 minutos. Aqui em casa eu faço esse bolo e um café bem forte quando quero agradar meu maridão, que é uma formiga! Garanto que você também tem uma formiguinha para agradar….

Arroz de pato para comemorar o meu retorno…

Pensei em mil coisas para dizer sobre o meu sumiço… Mas decidi que não vou falar nada. Vou apenas dizer que agradeço a todos os e-mails carinhosos que recebi de vocês, que sentiram a minha falta. Muito obrigada, de verdade. Vou tentar aparecer por aqui mais vezes… E, para começar, PRECISO passar essa receita para vocês. Esse arroz de pato foi uma das melhores coisas que cozinhei no ano passado. O preparo é meio demorado Deixe para ir pra cozinha no final de semana, acompanhado por alguém bem especial e, de preferência, com uma garrafa de vinho ou uma cervejinha gelada ao lado. Garanto que vai ser um dia especial… Vamos à receita… Cozinhe 500g de arroz, deixando ele ainda ao dente. Reserve.   Para cozinhar o pato: Abra uma panela de pressão grande e coloque, na ordem: 1 pato inteiro, bem lavado e cortado em 4 partes 500 ml de cerveja clara (escolha a […]

Paella marinera

Antes de postar a receitinha de hoje quero dar um recado… Vou passar um tempinho afastada do blog. Quero cuidar um pouquinho do meu corpo e cozinhando essas coisas engordativas não vai rolar, não é mesmo? Prometo vir aqui às vezes e dar notícias de como eu estou indo na minha nova empreitada…. Se quiser mais notícias é só CURTIR a Fanpage do Blog no Facebook e ficar por dentro das novidades! Mas vou encerrar esse ciclo com uma receita maravilhosa! Uma paella marinera! Espero que vocês gostem…. Paella Marinera que serve entre 20 e 25 pessoas Já aviso que essa receita precisa de uma paelleira bem grande. Se você não tiver, faça em duas menores, tá? 2 k de camarões pequenos 1 k e meio de camarões grandes com ou sem cascas (eu só tinha sem cascas) 1 k de anéis de lula 500 g de mexilhões, cozidos por 3 minutos em água fervente 1 […]

Polenta de gorgonzola com rabada cozida no vinho

Não sei se é pelo inferno astral, mas ando nostálgica e com o coração apertado… e essas comidonas são puro comfort food pra mim!!! Ficar horas na cozinha, com uma bela taça de vinho nas mãos, sentindo o perfume que sai das panelas invadir cada cômodo da casa, sempre me deixa feliz! Então, se você também tá precisando de comidinha de mãe, de carinho dos filhos (eles vão te encher de carinho depois de provar a receita) e de elogios do amado/amada, corra no açougue e peça a mais suculenta peça de rabo de boi. -Ah, mas eu sou chato e não gosto de rabo de boi… Então faça com músculo em pedaços, garanto que também vai ficar delicioso… Para a rabada cozida no vinho tinto você vai precisar de: 2 k de rabo de boi cortado nas juntas, aferventado e limpo ( * leia abaixo como fazer) 3 colheres, das de sopa, de óleo […]

Frango empanado chinês

Meu querido afilhado/sobrinho Pedro está hospedado na minha casa desde a semana passada para fazer uns exames e outro dia fomos juntos pra cozinha. Ele já trabalhou naquela famosa rede de fast food oriental e tem a manha com essas receitinhas engordativas chinesas que eu tanto amo.Então, fiz questão de aprender o que eu mais gosto: o frango empanado. Frango temperado e descansado, ele foi me ajudando a fazer a massinha, até ficar num ponto crocante por fora e macio, muito macio, por dentro. O resultado foi MARAVILHOSO!!!! E foi MUITO BOM ter a companhia do meu Pedroca na cozinha!!! Pra quem não sofre com o fato de preparar ou comer flitulinhas chinesas, esse frango é super indicado!!! Frango empanado chinês: 1 k de peito de frango em pedaços médios 3 colheres, das de sopa, de shoyu gengibre ralado a gosto 2 dentes de alho amassados 1 boa pitada de açúcar 2 colheres, das de […]